Jesus de volta ao Brasil sem medo: “Tenho que conviver com o vírus”

0
368

Treinador português defende que, “se as equipes de futebol não puderem treinar, não há nenhuma profissão do mundo que possa trabalhar”

Jorge Jesus aterrou, na madrugada deste sábado, no Brasil, após cerca de 40 dias passados em Portugal, no seguimento da pandemia do novo coronavírus, que levou à suspensão das competições desportivas um pouco por todo o mundo.

Em declarações prestadas às plataformas oficiais do Flamengo, o treinador português mostrou-se expectante quanto ao regresso aos trabalhos, mas sublinhou que “equipas de futebol têm trabalhadores como todos os outros trabalhadores”.

“Vão ter uma vantagem, porque as equipas de futebol têm um acompanhamento que a maior parte dos trabalhadores não tem, como testes a eles e às suas famílias, como trabalhar ao ar livre, como viajar no veículo próprio, sem estar em contato com ninguém…”, afirmou.

“Se as equipas de futebol não puderem treinar, não há nenhuma profissão do mundo que possa trabalhar. Tem de ser com precaução, temos que perceber que isto não é para brincadeiras., Quando saímos de Portugal víamos notícias do Rio em que todos me perguntavam ‘Vais-te meter no olho do furacão?’. Eu disse que não tem problema, tenho que saber conviver com o vírus”, completou.

Informações Notícias ao Minuto.

Compartilhe:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui