17.6 C
Distrito Federal
domingo, 28 fevereiro, 2021 - 07:23 AM

Brasil vai receber mais de 10 milhões de doses da vacina por meio das instalações da Covax

As doses da vacina Oxford / AstraZeneca devem chegar este mês

Por Redação

O consórcio Covax da Organização Mundial da Saúde (OMS) tem como objetivo ajudar os países em desenvolvimento a obter uma vacina contra o covid-19. A vacina foi anunciada hoje (3), que é a primeira previsão da distribuição de agentes de imunização. O consórcio prevê que o Brasil receberá 10,6 milhões de doses da vacina Oxford / AstraZeneca no primeiro semestre de 2021.

A iniciativa será implementada em cooperação com a Epidemic Prevention Innovation Alliance (CEPI) e a Gavi Alliance da Global Vaccine Alliance. Segundo comunicado da entidade, a previsão é que 10.672,8 mil doses da vacina sejam enviadas ao país, mas a entrega da vacina dependerá de fatores como disponibilidade dos dispositivos de imunização, grau de aceitação de cada país e logística.

A entrega está programada para começar este mês. De acordo com o comunicado, 35% a 40% da dose será entregue no primeiro lote. Na segunda fase, o volume de entrega da vacina ficará entre 65% e 60% da vacina.

De acordo com o comunicado, a projeção é sejam enviadas 330 milhões de doses das vacinas da Pfizer/BioNTech e Oxford/AstraZeneca na primeira metade de 2021 para 145 países integrantes da aliança, que reúne mais de 150 nações.

“Mesmo no ambiente de abastecimento global altamente dinâmico de hoje, o objetivo de compartilhar alocações temporárias com os países é fornecer ao governo e aos sistemas de saúde as informações necessárias para planejar os planos nacionais de vacinação. A aliança afirmou que a alocação final será anunciada no devido tempo.

Fonte: Aqui News

Continue Lendo

Redes Sociais

21,594FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -