- PUBLICIDADE -

O ASSUNTO É

Quinta aeronave da FAB parte de Israel com 215 brasileiros

O quinto avião que o governo brasileiro mobilizou para resgatar brasileiros retidos no Oriente Médio pelo confronto militar entre Israel e o grupo Hamas partiu de Tel Aviv, em Israel, às 11h55 deste sábado (14).

A aeronave, um KC-30 pertencente à Força Aérea Brasileira (FAB), decolou do Aeroporto Ben Gurion com 215 passageiros com destino ao Brasil – entre eles, nove bebês -, além da tripulação militar e 16 animais de estimação.

A previsão da FAB é que a aeronave pouse no Aeroporto do Galeão no início da madrugada deste domingo (15). Com isso, o total de brasileiros repatriados por meio da Operação Voltando em Paz, do governo federal, chegará a 916 pessoas.

O Ministério das Relações Exteriores estima que serão necessários ao menos 15 voos para trazer de volta ao país todos os brasileiros que solicitaram a ajuda do corpo diplomático para deixar a região do conflito. “Todos os que quiserem sair, sairão”, garantiu o embaixador do Brasil em Israel, Fred Meyer, em nota do Itamaraty.

Mais de 2,7 mil cidadãos brasileiros atualizaram seus dados pessoais por meio do formulário que a embaixada brasileira em Tel Aviv disponibilizou na internet, mas conforme o diretor do Departamento Consular do Itamaraty, Aloysio Mares Dia Gomide Filho, explicou na última quarta-feira (11), nem todos manifestaram intenção de deixar a região neste primeiro momento. Além disso, alguns deles preencheram o formulário mais de uma vez, de forma que o Itamaraty ainda não sabe ao certo quantos, de fato, são os brasileiros na região.

“Verificamos o fenômeno de duplo, até triplo registro. Algumas pessoas estão se inscrevendo mais de duas vezes, em alguns casos. Estamos revendo esta lista, fazendo um pente-fino”, comentou Gomides Filho, frisando que os cidadãos já repatriados estão entre os que responderam o formulário.

Esta madrugada, horas antes da quinta aeronave brasileira partir de Tel Aviv, pousou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, o quarto avião empregado na Operação Voltando em Paz, com 207 passageiros a bordo.

Uma sexta aeronave destacada para resgatar os brasileiros, um VC-2 da Presidência da República com capacidade para 40 pessoas, está em Roma, na Itália, onde a tripulação aguarda a autorização para seguir viagem até o Egito, onde o Ministério das Relações Exteriores tentará embarcar o grupo de brasileiros que está na Faixa de Gaza, território palestino sob forte ataque das forças militares israelenses.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo
Relacionadas