17.6 C
Distrito Federal
sexta-feira, 23 julho, 2021 - 23:05 PM

Mais 1,6 mil vagas de crianças e jovens em escolas no Arapoanga

Espaço do antigo abrigo de Planaltina dará lugar a duas novas unidades, com cursos que vão da educação infantil ao ensino médio

Centro Educacional Águas do Cerrado deverá ser inaugurado em junho, com 960 vagas |  Foto: Mary Leal/Secretaria de Educação

A região do Arapoanga, em Planaltina, vai ganhar mais 1.600 vagas na rede pública de ensino. Isso será possível com a transformação do antigo abrigo da cidade, que dará lugar a duas escolas.

“É a educação virando o jogo. Virando o jogo da nossa juventude e das nossas futuras gerações”Leandro Cruz, secretário de Educação

A primeira unidade deve ser inaugurada em junho: o Centro Educacional Águas do Cerrado (Cedac) irá atender a pré-escola e os ensinos fundamental e médio, com 960 vagas, ao todo. Em seguida, irá começar a adaptação do Centro de Educação Infantil Pipiripau, que vai atender 640 crianças da pré-escola e deve estar pronto no segundo semestre.

Nesta sexta-feira (9), o secretário de Educação, Leandro Cruz, visitou a regional de Planaltina e foi conferir o andamento da obra do Cedac.

O dirigente da pasta da Educação também esteve na Escola Classe 16 e no Centro de Ensino Médio 01 – o Centrão, para ver de perto as reformas que vem sendo realizadas. A agenda incluiu a Creche Irmã Dulce, parceira da rede pública.

Leandro Cruz comemorou o avanço das obras do Cedac, nas quais a secretaria investiu R$ 3 milhões, com recursos do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF).

“É um sonho imaginar cada cantinho com as crianças, criando vida, imaginando a planta crescendo, os ipês florindo e, principalmente, receber a comunidade, cada aluno”Dinamar Carneiro, diretora do Centro Educacional Águas do Cerrado (Cedac)

“Um empreendimento que será uma linda escola, atendendo toda a comunidade do Arapoanga. É a educação virando o jogo. Virando o jogo da nossa juventude e das nossas futuras gerações”, afirmou.

Emendas parlamentares

Leandro Cruz também agradeceu ao deputado distrital Cláudio Abrantes, que acompanhou toda a agenda em Planaltina, e foi quem apresentou a ideia de entregar o espaço à educação e destinou emendas para várias unidades da rede pública de ensino em Planaltina, entre elas, as que foram visitadas.

O secretário executivo da pasta, Fábio Sousa, falou sobre a relevância do empreendimento para a cidade. “Este espaço é um ganho para a Secretaria de Educação, um complexo que vai atender uma população enorme, uma demanda reprimida, desde a educação infantil até o ensino médio”, frisou.

Ambos os dirigentes ressaltaram a importância do PDAF, tanto o regular, pago pela secretaria, quanto o repassado por meio de emendas. Segundo eles, esse dinheiro vem possibilitando que as escolas façam reformas e benfeitorias, conforme a necessidade de cada uma, além de adquirirem bens e serviços.

As visitas tiveram a participação do administrador regional, Antônio Célio Rodrigues Pimental.

Secretário de Educação, Leandro Cruz (de camisa vermelha), verificou as obras das novas escolas e visitou a Escola Classe 16  | Foto: Mary Leal/SEEDF

Complexo educacional

O abrigo foi construído entre o final de 2012 e 2014, às margens da DF 345, no quilômetro 20. Nunca funcionou e estava abandonado e se deteriorando.

O terreno tem 14 mil m² e o Cedac terá área construída de 4,5 mil m². A nova escola contará com 16 salas de aula, refeitório, cantina, auditório, biblioteca, sala de informática, laboratório de ciências e pátio coberto. Também está no projeto a realização de oficinas de panificação, voltadas para a comunidade.

“A visita do secretário é importante por dois motivos. Primeiro, dá um respaldo para o trabalho que a gente vem realizando junto com os gestores, em busca dessas melhorias. O segundo é o fato de o próprio secretário estar acompanhando como estão sendo utilizados os recursos destinados às escolas”, disse o coordenador regional de Planaltina, Bento Reis.

A diretora do Cedac, Dinamar Carneiro, vem acompanhando cada passo da obra. “É um sonho imaginar cada cantinho com as crianças, criando vida, imaginando a planta crescendo, os ipês florindo e, principalmente, receber a comunidade, cada aluno”, disse.

A definição das etapas de ensino a serem ofertadas foi resultado de estudo da Secretaria de Educação e de consulta à comunidade.

43 milestudantes são atendidos em 66 escolas da rede pública e 6 parceiros

Centrão

O CEM 01, mais conhecido como Centrão, é uma das maiores escolas do Distrito Federal. São 2.490 estudantes de ensino médio atendidos na unidade, que fica no Setor Educacional.

A estrutura conta com 31 salas de aula, salas de cineclube, dois laboratórios de informática, salas de leitura, de artes e de recursos.

Com o PDAF regular de 2020, no valor de R$ 174 mil, foram feitos manutenção em geral; instalação de lavatórios; aquisição de materiais de expediente e pedagógico; reparos no telhado; substituição das luminárias; revestimentos nas salas de aula; reforma dos quadros de sala de aula; pintura de esquadrias, piso e parede; reparos elétricos, de alvenaria e serralheria, entre outros.

Escola Classe 16

Localizada no Condomínio Estância Nova Planaltina, atende 875 estudantes das séries iniciais do ensino fundamental e 150 da Educação de Jovens e Adultos (EJA), no período noturno. A unidade conta com 17 salas de aula, laboratório de informática, parquinho, salas de leitura e de vídeo.

Desde de 2020, a unidade recebeu R$ 478 mil em emendas de parlamentares e R$ 162 mil da Secretaria. As benfeitorias realizadas vão desde a cobertura, pintura e iluminação da quadra até implantação de um projeto para captação de água da chuva, reparos nas redes elétrica e hidráulica.

“Sem dúvida, o PDAF contribui muito dentro da unidade de ensino. Essas melhorias são importantes para receber a comunidade, receber os estudantes com a qualidade que eles merecem”, comentou o diretor da EC 16, Wellington de Mesquita Vieira.

Planaltina

A regional de Planaltina é responsável por 66 escolas da rede pública e outras seis instituições parceiras. Ao todo, são atendidos 43 mil estudantes.

O Arapoanga tem quatro escolas: Centro de Ensino Fundamental (CEF) Araponga, CEF 2 do Arapoanga, Centro Educacional (CED) Dona América Guimarães e EC 1 do Araponga. Além disso, há duas escolas na região que também recebem estudantes do bairro: EC Córrego do Atoleiro e EC Frigorífico Industrial.

A agenda de Leandro Cruz incluiu uma visita à Creche Irmã Dulce, conveniada à Secretaria, que atende 209 crianças de zero a cinco anos.

*Com informações da Secretaria de Educação

Continue Lendo

Redes Sociais

22,042FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -