12.6 C
Distrito Federal
domingo, 25 julho, 2021 - 06:30 AM

Mais 56 famílias vão receber casa própria em Samambaia

Acelerado, setor habitacional na QR 310 ficará pronto antes da hora, garantindo moradia e vida nova à população

A construção do conjunto habitacional Assobrilho, em Samambaia, segue em ritmo acelerado e em setembro deste ano mais 56 famílias do Distrito Federal terão casa própria para morar. Localizado no conjunto 5 da Quadra Residencial (QR) 310, o empreendimento de sete pavimentos tem unidades de 45,9 metros quadrados e 50,65 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e uma vaga de garagem.

Distribuídas em sete pavimentos, as unidades, de 45,9 e de 50,65 metros quadrados, têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro e uma vaga de garagem | Fotos: Paulo Henrique/Agência Brasília

Os apartamentos atendem famílias da faixa de renda 2 da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab), ou seja, com rendimento bruto familiar entre R$ 2.600,01 e R$ 4 mil. Nessa construção foram gerados 200 empregos.

Márcio Fernandes está entre os novos proprietários de um apartamento da Assobrilho. Aos 37 anos, o assistente de Tecnologia da Informação mora com a mãe e está empolgado com a conquista, aguardada por mais de sete anos, desde que se inscreveu na Codhab. “É aquela história: é o meu primeiro imóvel, o aluguel está caro e me sinto bem alegre. É a realização de um sonho.”

Mais de 1,5 mil moradias

Desde janeiro de 2019, o Governo do Distrito Federal já construiu e entregou 1.543 moradias, sendo 800 nos conjuntos I, II e III do Parque dos Ipês, em São Sebastião; 308 no Parque do Sol, no Sol Nascente, e mais 435 no Parque dos Ipês IV e V. Com isso, cerca de 6 mil pessoas passaram a ter casa própria em regiões com projeto de infraestrutura e construção de equipamentos públicos, como escolas e Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Para o presidente da Codhab, Wellington Luiz, investimentos desse porte, com unidades de 50 metros quadrados, em média, são de rápida construção, geram empregos e atendem famílias com novas moradias. “Apesar de [serem apartamentos] menores, têm prazo mais rápido de entrega e realizam sonhos de quem vive de favor ou mora de aluguel.”

Informações Agência Brasília.

Continue Lendo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

22,042FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -