19.8 C
Distrito Federal
sábado, 15 maio, 2021 - 20:42 PM

No DF, 12% das empresas preveem falência devido ao coronavírus

Sondagem inédita realizada pela Fecomércio aponta, ainda, que 40,1 % dos empresários pretendem demitir colaboradores

O impacto no comércio do Distrito Federal devido às medidas tomadas para combater o novo coronavírus foi destrutivo. Na capital Federal, 12% das empresas acreditam que a tendência é fechar as portas definitivamente. Para tentar se manter funcionando, 40,1% pretendem demitir colaboradores.

Os dados são de sondagem solicitada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do DF (Fecomércio-DF) ao instituto Opinião Informação Estratégica e para Sphinx Brasil. A entidade encomendou o estudo para contabilizar os prejuízos e saber quais medidas estão sendo tomadas nos setores de comércio, serviços e turismo.

Em um questionário de múltipla escolha, o estudo abordou quais providências as organizações estão adotando durante a crise. Além das que vislumbram falência e demissões, 51% pretendem conceder férias coletivas.

Além disso, 77% encerraram completamente o atendimento ao público; 78% elaboraram plano de gestão de crise; e 37% colocaram os funcionários em home office.

A coleta dos dados para o levantamento começou a ser feita no dia 23 de março, com um grupo de 131 empresários da base da Fecomércio. A plataforma será atualizada diariamente.

Informações Metrópoles.

Continue Lendo

Redes Sociais

21,961FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -