24.6 C
Distrito Federal
quinta-feira, 17 junho, 2021 - 16:30 PM

Parada da TAP em Brasília vai se estender a estados do Centro-Oeste e TO

Proposta de stopover de voos vindos da Europa é incentivar turismo cívico e ecológico da região

Turistas que chegarem da Europa por Brasília poderão estender viagem a outros estados da região Centro-Oeste e ao Tocantins sem custo adicional na passagem. O acordo assinado pela TAP Air Portugal com o Governo do Distrito Federal (GDF), no último dia 15 de março, em Lisboa, será estendido ao Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Tocantins como forma de estimular o turismo ecológico de europeus que procuram por outros destinos além das praias no Brasil.

A proposta de extensão do programa Brasil Stopover foi apresentada pelo governador do DF, Ibaneis Rocha, aos governadores Mauro Mendes (MT), Reinaldo Azambuja (MS) e Mauro Carlesse (TO), no início da tarde desta terça-feira, no Palácio do Buriti. Por meio dela, o turista que chegar ao Brasil vindo de Lisboa com destino a Recife, por exemplo, poderá fazer um stopover e permanecer até cinco dias em Brasília, e até outros cinco em uma das capitais da região – Goiânia, Campo Grande, Cuiabá ou Palmas –, sem custo adicional na passagem. Diretores da TAP e da Inframérica – empresa concessionária do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck também participaram do encontro.

Destinos como a Chapada dos Veadeiros (DF), o Jalapão (TO), o Pantanal (MT), a Chapada dos Guimarães (MS) e Caldas Novas (GO) poderão ser explorados pelo turista europeu no Brasil. A TAP também tem a intenção de abrir o programa também aos chamados voos off-line, ou seja, aqueles não operados pela companhia aérea dentro do país. Com isso, um passageiro que sair de Curitiba com destino a Europa e pegar o voo saindo de Brasília, poderá também da vantagem de permanecer na capital do país por até cinco dias sem pagar a mais por isso.

A proposta do programa é estimular o turismo nos quatro estados e no Distrito Federal, com promoções e ofertas exclusivas a passageiros em stopover. A TAP, por sua vez, divulgaria a região em seus programas de comunicação interna, sites e revistas de bordo. “É importante que nos unamos para mudar o protagonismo do Centro-Oeste no roteiro turístico do europeu no Brasil”, aposta Ibaneis.

Lucro
Números da TAP indicam um aquecimento significativo da economia portuguesa com a implementação do programa Portugal Stopover há 15 anos. Só nos últimos dois anos, 230 mil passageiros com destino a outras capitais europeias ficaram de três a cinco dias em Lisboa, injetando mais de € 56 milhões à economia local. A companhia opera atualmente com 84 voos diretos saindo semanalmente de diversas capitais brasileiras para a Europa.

“Nosso projeto elaborado com a TAP vai transformar o turismo na Região [Centro-Oeste] e possibilitar com que turistas do mundo inteiro possam perceber que o país tem muito mais além de belas praias”, ressalta a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

HÉDIO FERREIRA JÚNIOR, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Continue Lendo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

22,042FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -