- PUBLICIDADE -

O ASSUNTO É

Força-tarefa contra a dengue atende 570 pessoas em Samambaia

A força-tarefa de combate à dengue promoveu uma grande ação neste sábado (20), em Samambaia, palco de mais uma edição do Dia D de combate à doença. Até as 17h, 570 pessoas foram atendidas na região. Com a presença do governador Ibaneis Rocha, um grupo de aproximadamente 600 profissionais acolheu e percorreu a cidade para orientar a população, aplicar fumacê em locais estratégicos e combater focos do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti.

O governador Ibaneis Rocha participou do Dia D de combate à dengue em Samambaia, neste sábado (20) | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Durante a abertura do evento, o governador enfatizou que o enfrentamento da dengue está sendo conduzido de maneira eficaz. “Estamos disponibilizando todas as equipes de saúde. Tenho certeza que os resultados irão se manifestar rapidamente, proporcionando que a população do Distrito Federal sinta a presença do Estado da forma mais ágil possível”, afirmou.

“Nós temos, hoje, 11 UBSs funcionando até as 22 horas, durante a semana, aos sábados e domingos, temos cinco, das 7h às 19h. Fora as 52 unidades que atendem até as 12h, aos sábados, e as nove tendas, disponíveis das 7h às 19h”
Lucilene Florêncio, secretária de Saúde

A secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, ressaltou as medidas adotadas para minimizar os efeitos da doença e diminuir a proliferação do mosquito no DF. “Estamos implementando ações coordenadas em 16 regiões administrativas (RAs), com nove tendas fixas e seis itinerantes. O DF se destaca ao ofertar horário ampliado nas unidades básicas de saúde (UBSs). Nós temos, hoje, 11 UBSs funcionando até as 22 horas, durante a semana, aos sábados e domingos, temos cinco, das 7h às 19h. Fora as 52 unidades que atendem até as 12h, aos sábados, e as nove tendas, disponíveis das 7h às 19h”, detalhou a gestora.

O evento marcou a inauguração das tendas de acolhimento, responsáveis por fazer a hidratação e informar a comunidade sobre a importância da prevenção.

Dia D

Além dos atendimentos a casos suspeitos, ocorreram visitas domiciliares, atividades educativas e aplicações do fumacê, com sete carros percorrendo endereços estratégicos.

Tendas de acolhimento foram inauguradas para ampliar a assistência à população em casos suspeitos de dengue e e ficarão disponíveis pelos próximos 45 dias, com a possibilidade de prorrogação

O secretário de Governo, José Humberto Pires de Araújo, também esteve presente e garantiu que a estrutura montada pelo GDF para atender a população está organizada, confortável e bem montada. “O governo está totalmente integrado para enfrentar esse momento que estamos vivendo, significa que estamos começando o ano com força total contra esse mosquito”, explicou.

No total, o DF recebeu nove tendas de hidratação. Além de Samambaia, outras unidades estão funcionando em Ceilândia, Sol Nascente, Brazlândia, Taguatinga, Santa Maria, Recanto das Emas, São Sebastião, Estrutural e Sobradinho. As estruturas funcionam das 7h às 19h, e ficarão disponíveis pelos próximos 45 dias, com a possibilidade de prorrogação, caso haja necessidade.

A gerente da UBS 7 de Taguatinga, Andreia Gonçalves, responsável pela coordenação da tenda, enfatizou que o objetivo é tratar casos leves e explicou como ocorre o atendimento. “Os pacientes passam por triagem, são submetidos a testes e recebem hidratação, se necessário. Nos casos mais graves, contamos com o apoio do Samu e do Corpo de Bombeiros para realizar as transferências [para os hospitais] de forma ágil”, esclareceu.

O Dia D de combate à dengue em Samambaia teve apoio das equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), da Administração Regional de Samambaia e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), além de outros órgãos distritais. O espaço também contou com equipes de imunização para atualizar o calendário de rotina.

Força-tarefa

A intensificação das ações teve início no dia 13 deste mês, no P Sul, em Ceilândia, diante do aumento do número de casos da doença no DF. A SES-DF enfatiza a importância do trabalho conjunto entre as instituições e a comunidade.

“Esse é um trabalho que tem de ser feito com a população, não é um trabalho exclusivo para a população, é feito com a participação da comunidade. Nas áreas onde a incidência vetorial é muito alta e que há evidência científica de transmissão, utilizamos o fumacê”, explica o subsecretário de Vigilância em Saúde, Divino Valero Martins, afirmando que há várias ações de frente no combate à doença.

Para o diretor da Atenção Primária da Região Sudoeste de Saúde, Júlio Pereira Leite, esse tipo de evento serve para conscientizar a população sobre os cuidados com o Aedes aegypti.

Lixo no lixo

O diretor-presidente do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Silvio Vieira, destacou que mais de cinco mil garis estão nas ruas para auxiliar na limpeza de locais que podem servir de criadouros do mosquito. “Estamos atuando de domingo a domingo, o SLU não para. Agora intensificamos nossa presença nas nove áreas com maior incidência da doença. Apenas em Samambaia, já removemos mais de 231 toneladas de lixo e entulho. Pedimos à população que tenha mais cuidado; o lixo deve ser descartado no local adequado”, alertou.

Com o aumento das chuvas nos últimos meses, o representante do SLU adverte a população sobre os impactos negativos do descarte inadequado de resíduos nas redes de drenagem do Distrito Federal. Além de principal causa de alagamentos e enxurradas, a prática também acarreta riscos ambientais e propicia a transmissão de doenças, como dengue, zika vírus, chikungunya e leptospirose.

Um importante aliado da população nestes casos é o aplicativo SLU Coleta DF, que reúne informações sobre dias e horários das coletas de lixo e a localização dos equipamentos públicos mais próximos. A plataforma permite, ainda, acompanhar por meio da geolocalização se o caminhão responsável pelo recolhimento do resíduo está perto de seu endereço.

*Com informações da SES-DF

Fonte: Agência Brasília

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo
Relacionadas