- PUBLICIDADE -

O ASSUNTO É

Estado lança recadastramento digital da prova de vida

A partir de agora, o recadastramento de servidores estaduais aposentados e inativos pode ser feito pela internet. A novidade foi lançada nesta quinta-feira (12), no Auditório Mauro Borges, do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, pelo governo estadual, por meio da Goiás Previdência (Goiasprev) e Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), em parceria com o governo federal, via plataforma gov.br.

“A importância está em dar conforto aos aposentados de Goiás. Desde o começo, tivemos a maior responsabilidade com a área da previdência. Nada mais digno do que, após tantos anos no serviço público, vocês receberem respeito. Temos que zelar para que tenham cidadania”, disse o governador Ronaldo Caiado.

Goiás é o segundo Estado brasileiro a ter o serviço por meio digital. A facilidade no envio das informações é mais um benefício oferecido aos segurados da previdência estadual, que não precisarão sair de suas residências para manter seu cadastro em dia.

A prova de vida deve ser feita pelo Portal Expresso Goiás. “Humanizar o atendimento é o ponto positivo principal desta parceria. A biometria avança e o cidadão pode avançar também, para não ficar naquele constrangimento de fila por horas”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

O novo formato da prova de vida obrigatória (Lei Complementar nº 161/2020 e a Lei nº 20.946/2020) beneficiará mais de 55 mil aposentados, civis e inativos militares. Entre eles, aproximadamente dois mil segurados que residem fora do Estado ou do País.

“Isso é um grande avanço para a gente. A Goiasprev tem reconhecimento estadual e nacional. Esta parceria é uma demonstração disso. Vamos continuar na sustentabilidade, buscando entregar o melhor. Nossa principal missão aqui é atender melhor aos aposentados e pensionistas, civis e militares, de Goiás”, frisou o presidente da autarquia, Gilvan Cândido.

A ferramenta para cadastro das informações foi desenvolvida com a participação das secretarias de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi); Administração (Sead); Geral da Governadoria (SGG) e da Casa Civil, junto ao Ministério da Economia. A tecnologia usa a biometria facial de acordo com o banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“O governo digital é mais sobre pessoas do que sobre tecnologias. Goiás entendeu isso e é parceiro para aplicá-las sem custos. O cidadão não quer ter sua cidadania restrita ao horário comercial ou ao banco físico. Ele já exerce uma série de atividades junto ao setor privado sem barreiras e exige isso no setor público. O Governo de Goiás tem mostrado que está antenado nesta realidade”, explicou o secretário de Governo Digital do Ministério da Economia do governo federal, Fernando Coelho Mitkiewicz, que fez elogios à Plataforma Expresso.

Desde o período de distanciamento social, causado pela pandemia de Covid-19, a Goiasprev passou a oferecer a opção da prova de vida por meio de videoconferência, modalidade que ainda está em vigor para quem possui comorbidades comprovadas e aos que residem fora de Goiás. Agora, o recadastramento digital surge como novo avanço para facilitar a vida dos usuários.

Fotos: Júnior Guimarães

Secretaria de Comunicação

Fonte: Portal Goiás

- PUBLICIDADE -

Últimas

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo
Relacionadas

Com apoio de R$ 11 milhões do GDF, escolas de samba se preparam para 2023

Ações como o Edital de Apoio das Atividades Carnavalescas...

Metrô fecha neste domingo (12) para manutenção corretiva

Operação será suspensa temporariamente para troca de equipamento localizado...

Igrejas reconhecem empenho do governo em atender demandas

Padres de Taguatinga, Ceilândia e Samambaia se reúnem com...