20.6 C
Distrito Federal
quinta-feira, 24 junho, 2021 - 21:47 PM

Secretário visita terreno onde será construído o Hospital da Região de Saúde Centro-Sul

Um terreno de 70 mil metros quadrados, no Guará II, foi visitado, nesta sexta-feira (1°), pelo secretário de Saúde, Osnei Okumoto. No espaço, localizado próximo a Unidade Básica de Saúde (UBS) 2, está prevista a construção de um novo hospital, com capacidade para atender toda a demanda da população da Região de Saúde Centro-Sul.

No momento, grupos de trabalho têm sido montados pela Secretaria de Saúde e Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) para analisar o projeto e estudar quais especialidades são as mais necessárias na unidade. A expectativa inicial é de que o hospital abrigue um total de 375 leitos, sendo 245 para enfermaria, 30 para UTI adulto, dez para a Neonatologia e 90 para o pronto-socorro. Ao todo, o hospital poderá ter 28 mil metros quadrados de área útil.

“A intenção de um complexo de saúde dessa natureza é que tenha uma área para laboratórios de análises clínicas, imagens, reabilitação de pacientes e também uma área específica para Odontologia. É um projeto ambicioso, que vai trazer muitas melhorias para essa região do DF”, afirmou o secretário de Saúde.

RECURSOS – Presente na visita, o vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Rodrigo Delmasso, informou que já destinou uma emenda parlamentar de R$ 1,5 milhão para os projetos arquitetônicos e complementares do hospital, que envolvem a parte elétrica, hidráulica, segurança hospitalar, entre outros serviços.

Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF

“A expectativa é de que, até o ano que vem, esses projetos fiquem prontos. A ideia, agora, é agilizar tanto a captação de recursos para a construção como a elaboração do projeto arquitetônico, para que a população receba, o mais rápido possível, esse novo hospital”, disse Delmasso. O parlamentar destacou que tem procurado entidades, como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para financiarem a obra.

VAZIO ASSISTENCIAL – Na avaliação da superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Moema Campos, o hospital virá para preencher o vazio assistencial atual, dentro da rede de urgência e emergência da região.

“Com esse novo projeto, vamos ampliar nossa carteira de serviços. Poderemos atender Ortopedia, fazer partos, propiciar que o paciente da Centro-Sul não precise peregrinar pela rede e possa ser atendido próximo à sua residência, e na sua região de saúde”, comentou Moema.

A Centro-Sul é uma das maiores regiões de saúde do Distrito Federal, e engloba Guará, Candangolândia, Núcleo Bandeirante, SIA, Park Way, Estrutural, Riacho Fundo I e II.

MAIS VISITAS – O secretário de Saúde aproveitou a oportunidade para visitar também o Hospital Regional do Guará (HRGu) e conhecer os serviços oferecidos no local.

Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF

Entre eles, o Ambulatório de Especialidades Odontológicas, que possui quatro consultórios e faz, mensalmente, cerca de 240 atendimentos nas áreas de Periodontia, Endodontia e atendimento a pacientes com necessidades especiais. Também viu o novo gasômetro instalado no HRGu, que auxilia em mais de 15 mil exames por mês.

Além disso, visitou a UBS 2 do Guará II e os serviços de Odontologia da unidade, além do Centro de Atenção Psicossocial, Álcool e outras Drogas (Caps-AD), que também funciona no local.

Acompanharam a visita a administradora regional do Guará, Vânia Gurgel, e a presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimento de Serviços de Saúde (Sindsaúde), Marli Rodrigues.

Leandro Cipriano, da Agência Saúde

Continue Lendo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

22,042FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -