16 C
Distrito Federal
sexta-feira, 14 maio, 2021 - 04:18 AM

Coronavírus faz demanda por parto em casa crescer 30% no DF

Doulas dizem que grávidas estão com medo de parir em hospitais, onde há grande concentração de pacientes, muitos com Covid-19

O medo de contaminação por coronavírus tem levado gestantes do Distrito Federal a optar por partos em casa. A Associação de Doulas do DF estima que a procura por partos domiciliares na cidade cresceu 30% desde o início da pandemia.
Segundo a presidente da entidade, Marilda Castro, 58 anos, as grávidas – mesmo não compondo o grupo de risco – estão receosas de entrar em unidades de saúde convencionais em função da grande quantidade de doentes e possíveis transmissores da Covid-19.
“O nosso grupo de doulas no Distrito Federal tem recebido muita demanda de grávidas que, por não quererem ir para os hospitais, estão buscando casas de parto“, disse.
No DF, segundo Marilda, são 12 equipes para atender as regiões administrativas. “Percebemos que muitas doulas estão pedindo orientações para a associação, principalmente sobre gestantes que iriam parir pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”, comentou.
Medo

De acordo com a doula e educadora perinatal Taciana Ponce de Leon, 29, a procura por partos domiciliares vem ganhando força há um certo tempo. Ela ressalta que, agora, a demanda aumentou significativamente.

No período de pandemia, a profissional acredita que a busca pelo serviço cresceu porque as futuras mamães não querem correr riscos nos locais mais propícios à contaminação pela Covid-19.

“Já existem relatos de mortes de gestantes, puérperas e recém-nascidos. As mulheres ficam aflitas e o aumento pela procura é compreensível”, frisou a doula.

Apesar do movimento crescente, Taciana faz um alerta: “Se a gestante sentir receio de parir em casa, sem uma estrutura hospitalar, o trabalho de parto vai se arrastar. Ao mesmo tempo, com o temor de contaminação pelo novo coronavírus, estamos vivendo uma dicotomia muito grande. É importante não deixar que o medo seja o ponto principal dessa escolha de ter filho no seu lar”.

Informações Metrópoles.

 

Continue Lendo

Redes Sociais

21,951FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -