25.8 C
Distrito Federal
segunda-feira, 17 maio, 2021 - 19:05 PM

Semana começa com entrega de cestas básicas

Mais de 500 cestas básicas foram distribuídas em São Sebastião, no desdobramento de atividades que envolvem secretarias do GDF, unidades das polícias militar e civil e a própria população

E a campanha de solidariedade do GDF não para. Esta segunda-feira (20) foi dia de entrega de 450 cestas básicas em São Sebastião. A ação, liderada pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) em parceria com diversos órgãos do governo, está nas ruas desde semana passada. É o espírito da solidariedade se espalhando como um vírus do bem por todos os cantos do DF e ajudando pessoas carentes em tempos de coronavírus.

Ao todo, dez equipes percorreram os mais de 20 bairros da região para entregar as cestas. A operação mobilizou agentes penitenciários e servidores das secretarias de governo, além de equipes da administração local. A iniciativa faz parte de desdobramento de várias ações voluntárias que arrecadou mais de 100 toneladas de alimentos, que agora começa a ser distribuídos por meio de uma organizada corrente. A primeira entrega do dia foi no bairro São Gabriel, região carente de São Sebastião.

“Muito bom o que o governo está fazendo por nós”, destacou a jovem Letícia Albuquerque. “Aqui em casa estamos todos parados, e, para piorar, eu faço parte do grupo de risco, já que tive problemas de pneumonia e tuberculose”. Vizinha de Letícia, a dona de casa Andreia Lima, mãe de dois adolescentes, também agradeceu a ação e contou: “Moramos de aluguel e meu marido ainda não recebeu o benefício do INSS. Por conta da quarentena, fica difícil de arrumar emprego”.

Letícia Albuquerque se inscreveu o programa e comemorou: “Muito bom o que o governo está fazendo por nós”

Cadastro

 Para receber as cestas básicas oferecidas pelo GDF, obtidas por meio de da Rede Solidária de Educação – que envolve, programa da Secretaria de Educação (SEE) que envolve as polícias Civil e Militar, além da sociedade civil –, a pessoa ou família necessitada deve fazer um cadastro antes. Os canais de acesso para obtenção do serviço são as unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) mais próximos das residências dos interessados.

Foi o que fizeram Maria Vanderléia de Souza e a filha Luna, mãe de um bebê de dois meses. “Ficamos sabendo da campanha por meio dos vizinhos e na hora nos cadastramos”, contou Maria Vanderléia. “É um apoio que caiu do céu. Minha filha estava morando de aluguel e teve que vir morar comigo porque a situação complicou bastante. Qualquer ajuda é bem-vinda”.

Auxílio voluntário

Na última sexta e sábado (17/18), mais de 900 cestas foram entregues em Santa Maria. A atividade beneficente deste fim de semana contou com a participação de dez reeducandos – presidiários que participam de projeto de inclusão profissional na sociedade – e dez servidores da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe)como o agente penitenciário, Aílton Pessoas, que não esconde a satisfação de poder ajudar ao próximo nesse momento de crise sanitária.

“Precisamos todos nos unir nesse momento difícil e cumprir nosso papel social”, destacou. “Esse trabalho mostra que, além de zelar pela segurança do preso, podemos também salvar vidas. Em algumas casas, as pessoas recebiam as cestas com os olhos lacrimejados, pois algumas famílias realmente não têm nada para comer.”“Precisamos todos nos unir nesse momento difícil e cumprir nosso papel social”Aílton Pessoa, agente penitenciário voluntário no serviço de entregas

Como solicitar ajuda

* Centro de Referência de Assistência Social (Cras): 3245-1822.
* Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas): 3245-8131.

Informações da Agência Brasília.

Continue Lendo

Redes Sociais

21,963FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -